NÃO ao desperdício

"Uma criança ao lado de uma pilha de restos bovinos e outros alimentos descartados em um lixão do distrito industrial de Tondo, em Manila. 3.8 milhões de pessoas ingressaram nos rankings da pobreza no país, entre 2003 e 2006. Um em cada 3 filipinos vive com menos de um dólar por dia" Fonte: Yahoo Notícias

Ao encontrar essa reportagem lembrei que esse fim de semana fui chamada de "Maria Restinho", não é a primeira vez que me chamam assim , mas serve para eu parar e refletir que contribuo para o desperdício de alimentos, logo colaboro com a fome no mundo.
Se você tem esse péssimo hábito, como eu tenho, de sempre comer e deixar restinhos no prato, por favor! Não sigam meu exemplo e tentemos mudar. Alimentos e Água serão raridade em nosso mundo, cuidemos a tempo.

É difícil admitir nossos erros, mas o primeiro passo é ter consciência de que você está errado.

Fica aí o alerta meus amigos e me cobrem se presenciarem eu deixando “restinhos”.

4 comentários:

Paulo Persivo disse...

"Maria restinho" mas consciente sim senhor!!!!

Beijo!
8^D

Carlos disse...

Isso é questionável...

whebson1 disse...

Não acho questionável, mas algo que vêm da consciência, do eu.

O desperdício contrasta com a imensa pobreza que existe aqui debaixo dos nossos olhos.

Um grande abraço carlinha :-D

Não esquece de inserir o link do Cantim aqui :-)

By []´s whebson1 ;-)

Carlinha disse...

Webson,
Essa da "consciência do eu" realmente foi o que quis expressar no texto, pois se tocar de algumas erros é muito difícil, assumi-los e tentar mudá-los então...nem se fala!

Obrigada pelo comentário, vc entendeu o espírito da coisa:}

Qto ao link, meu administrador Paulin em breve fará isso.

[]``/